Os diplomatas norte-americanos que ainda permaneciam na Venezuela já deixaram o país. O anúncio foi feito pelo Secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, na sua conta oficial do Twitter, na tarde desta quinta-feira.

Desde segunda-feira que os diplomatas dos EUA têm estado a sair do país depois de o mesmo governante ter anunciado que todos os funcionários da embaixada amerciana em Caracas iriam deixar a Venezuela na sequência da crescente tensão entre os dois países.

Na mensagem em que confirma que nenhum dos diplomatas permanece na capital venezuelana, Pompeo reafirma o apoio da administração Trump ao auto-proclamado presidente interina da Venezuela, Juan Guaidó, desejando ainda que o país volte a ser “livre e democrático” para que o corpo diplomático norte-americano possa regressar à Venezuela.

EUA anunciam retirada de todos os funcionários da embaixada na Venezuela