Governo aprovou lei para clarificar idoneidades

Conselho de ministros já aprovou o decreto-lei com o qual espera acabar com a polémica sobre a idoneidade de Tomás Correia, depois de a ASF reiterar que essa não é sua competência.

Por Edgar Caetano