A aplicação MySNS Carteira, que já consta no telemóvel de 300 mil portugueses, deverá ganhar uma nova funcionalidade nos próximos meses, ao permitir, via smartphone, ter consultas com o médico de família ou um médico de especialidade, avançam esta terça-feira a TSF e o Jornal de Notícias.

O projeto que visa ter consultas no Serviço Nacional de Saúde através de uma videochamada está em desenvolvimento. A ideia é ter o projeto-piloto em funcionamento, na região de Lisboa ou do Porto, até ao final do primeiro semestre deste ano. A partir daí, a ambição é fazer chegar este serviço a todo o país até ao final de 2019.

Atualmente, a aplicação MySNS, desenvolvida pelos SPMS – Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, permite guardar a informação de saúde do cidadão, incluindo o armazenamento de receitas, vacinas ou registos de alergias.

Henrique Martins, presidente dos SPMS, assegura que a nova funcionalidade da aplicação vai depender do uso que tanto os médicos como as instituições de saúde lhe quiserem dar, e que um dos principais desafios é fazer da telesaúde uma prática aceite pelos profissionais da área.