A Bolt, antiga Taxify, vai lançar um serviço de entrega de comida este verão. Em comunicado oficial, a empresa diz que, por enquanto, a iniciativa terá lugar apenas na Estónia — berço da empresa –, Finlândia e África do Sul, havendo o objetivo de alargar o projeto a outros países a longo prazo. No comunicado, Markus Villig, CEO e cofundador da Bolt, explica como é que a empresa quer levar o seu mindset ao mercado de entrega de comida: “Ao combinarmos a nossa tecnologia com operações eficientes e centenas de milhares de condutores, planeamos criar o melhor serviço de entrega de comida para milhões de pessoas na Europa e África, que já usam diariamente a nossa plataforma.”

Por enquanto é só mesmo nesses dois continentes — e em três países — que a Bolt vai entregar comida, mas a missão continua a mesma, segundo Markus: “A empresa passou recentemente por um rebranding global, que incluiu a mudança de nome de Taxify para Bolt, com o objetivo de alinhar a identidade da marca à sua visão mais abrangente do conceito de transporte”. Um conceito que se altera novamente, já com novo nome e imagem.

Taxify muda de imagem e de nome: agora é Bolt

Não há previsão para quando o serviço de entrega de comida da Bolt começará a operar em Portugal. No nosso país terá a concorrência da UBER Eats ou da Glovo.