Futebol

Wilson Eduardo apura Angola diretamente para a fase final da Taça das Nações Africanas

Um golo do futebolista do Sporting de Braga Wilson Eduardo colocou hoje Angola diretamente na fase final da Taça das Nações Africanas (CAN2019), ao vencer 1-0 a seleção do Botsuana em Francistown.

TIAGO PETINGA/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

Um golo do futebolista do Sporting de Braga Wilson Eduardo colocou hoje Angola diretamente na fase final da Taça das Nações Africanas (CAN2019), ao vencer 1-0 a seleção do Botsuana em Francistown, na última ronda de apuramento.

O avançado bracarense, que se estreou nos ”Palancas Negras”, apontou o único golo da partida aos 21 minutos, resultado que, conjugado com a derrota da Mauritânia no Burkina Faso (1-0), colocou os angolanos diretamente na fase final.

O grupo I de apuramento para a CAN2019, a disputar no Egito, foi ganho por Angola, que terminou com os mesmos 12 pontos que a Mauritânia, mas com melhor diferença de golos no confronto direto – derrota em Nouakchott por 1-0 e vitória por 4-1 em Luanda.

Desta forma, a Mauritânia vai disputar os ”play-off” de acesso à CAN2019 com os restantes segundos classificados dos outros sete grupos.

O Burkina Faso, orientado pelo português Paulo Duarte, terminou o grupo na terceira posição com 10 pontos, enquanto o Botsuana ficou no quarto e último posto, com apenas um ponto.

Angola apurou-se pela oitava vez para a fase final da CAN, depois das edições disputadas na África do Sul (1996), Burkina Faso (1998), Egito (2006), Gana (2008), Angola (2010), Gabão e Guiné Equatorial (2012) e África do Sul (2013), tendo falhado as duas últimas edições, as realizadas na Guiné Equatorial (2015) e no gabão (2017).

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Mar

Bruno Bobone: «do medo ao sucesso»

Gonçalo Magalhães Collaço

Não, Portugal não é uma «nação viciada no medo» - mas devia realmente ter «medo», muito «medo», do terrível condicionamento mental a que se encontra sujeito e que tudo vai devastadoramente degradando.

Política

A protecção da família em Portugal

Luiz Cabral de Moncada

A família, enquanto célula principal da sociedade e berço da moral, como bem se sabe na Calábria, está mais garantida do que nunca. Nunca será esquecida pelos partidos quando no poder político.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)