Toda as avarias detetados nos serviços de telefone fixo e de rede mível da NOS, uma empresa de telecomunicações, já foram resolvidas, diz fonte oficial da empresa. Os problemas com os telefones fixos já tinham sido eliminados, mas os da rede móvel, que impediam os clientes de usar os dados móveis, fazer telefonemas e enviar mensagens, ainda estavam por resolver. Agora, um comunicado da NOS confirma que “desde as 22h30 que os serviços se encontram totalmente repostos”.

As falhas estiveram a afetar os clientes da marca a nível nacional desde meio da tarde deste domingo, às 16h, explicou fonte oficial da NOS ao Observador. Uma funcionária da NOS responsável pela prestação de apoio técnico aos clientes chegou a prever que a anomalia detetada nos telefones fixos estivesse resolvida ainda este domingo, mas não havia qualquer previsão sobre o regresso dos serviços de telemóveis.

Uma fonte oficial da NOS confirmou que todos os problemas estavam resolvidos, mas apenas na rede fixa. A rede móvel continuava por ser reposta. Agora, todas as avarias foram solucionadas.

A página de Facebook da NOS esteve a ser inundada por queixas de cliente que diziam não conseguir utilizar o telefone fixo nem os serviços de mensagens ou dados móveis dos telemóveis. Em resposta a alguma dessas queixas, a marca dizia que as “dificuldades” já estavam “em resolução” e que tudo estava a ser tratado com “o máximo de urgência”. O problema com os telemóveis impediam os clientes NOS de fazer chamadas e de utilizar os dados móveis para acesso à Internet.

Quando alguém telefonava para o 16990 — a linha de apoio da NOS para números nacionais que funciona todos os dias, 24 horas por dia — recebia de imediato uma confirmação dos problemas técnicos da empresa de telecomunicações. “Caro cliente, informamos que foi detetada uma avaria nos serviços de telefone fixo e telemóvel com impacto nas chamadas, nos dados moveis e mensagens escritos. Estamos a resolver a situação e esperamos ser breves. Pedimos desculpa pelo incomodo. Obrigada pela sua compreensão”. De acordo com a fonte oficial da NOS, todos os problemas foram resolvidos.