Música

Blaya é a mais nomeada na primeira edição dos Play

Blaya está nomeada para três categorias, incluído Melhor Artista Solo e Melhor Canção, com "Faz Gostoso". Os prémios Play distinguem "a melhor música consumida em Portugal".

Os prémios Play serão anuais, repartidos por 12 categorias e o júri é composto por cerca de 100 pessoas do meio da música portuguesa

JOSE COELHO/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

A cantora e bailarina Blaya é a mais nomeada aos Play – Prémios da Música Portuguesa, que serão entregues em abril, competindo em três categorias, incluído Melhor Artista Solo e Melhor Canção, com “Faz Gostoso”, foi esta quarta-feira anunciado.

De acordo com a lista de nomeados, divulgada esta quarta-feira pela organização, na categoria Melhor Artista Solo, além de Blaya, estão nomeados António Zambujo, Dino D’Santiago e Diogo Piçarra. Na categoria de Melhor Canção, para a qual Blaya também está nomeada com “Faz Gostoso”, domina o hip-hop, com ProfJam (“Água de Côco”), Valas (“Estradas no Céu” com Raquel Tavares) e Wet Bed Gang (“Devia Ir”) também em competição.

A terceira nomeação de Blaya é na categoria Melhor Videoclipe, com “Eu Avisei”, para qual estão ainda nomeados Boss AC (com “Queque foi”), Pedro Abrunhosa (“Amor em tempo de muros”) e ProfJam (“Água de Côco”).

Os Play são uma iniciativa da associação PassMúsica, que representa artistas, bandas e editoras discográficas, em parceria com a RTP e a Vodafone, e pretende premiar “a melhor música consumida em Portugal”, como afirmou Paulo Carvalho, um dos responsáveis dos prémios, numa apresentação aos jornalistas no início deste mês.

Os prémios serão anuais e repartidos por 12 categorias: Melhor Grupo, Melhor Álbum Fado, Melhor Artista Solo, Vodafone Melhor Canção, Melhor Álbum, Artista Revelação, Melhor Videoclipe, Prémio Lusofonia, Melhor Canção Internacional, Melhor Artista Internacional, Prémio da Crítica e Prémio Carreira, estes dois últimos sem nomeados.

O galardão de Artista Revelação será disputado por Conan Osíris, Papillon, Sara Correia e Selma Uamusse. Pelo prémio de Melhor Grupo competem os Dead Combo, Diabo na Cruz, Linda Martini e Wet Bed Gang.

Na categoria Melhor Álbum Fado estão nomeados “Maria”, de Carminho, “Branco”, de Cristina Branco, “Sempre”, de Katia Guerreiro, e “Sara Correia”, de Sara Correia.

Apesar de ser um disco de fado, “Mariza”, de Mariza, compete na categoria de Melhor Álbum, com “Do Avesso”, de António Zambujo, “Odeon Hotel”, dos Dead Combo, e “Mundo Nôbu”, de Dino D’Santiago.

O Prémio Lusofonia tem como nomeados o angolano C4Pedro (“Se eu soubesse”), a brasileira Ludmilla (“Din din din”), o angolano Matias Damásio (“Nada mudou”) e o holandês, de origem cabo-verdiana, Nelson Freitas (“Nubian Queen”).

Para as categorias internacionais — Melhor Canção e Melhor Artista — estão nomeados: “No tears left to cry”, de Ariana Grande, “God’s Plan”, de Drake, “All the stars” (com SZA), de Kendrick Lamar, e “In my blood”, de Shawn Mendes; Ariana Grande, Cardi B, Drake e Kendrick Lamar.

As nomeações para a maioria das categorias foram feitas em duas fases: a PassMúsica fez listas de artistas elegíveis, com base em dados como vendas físicas de música e em ‘streaming’, e essas listas foram depois entregues ao comité de nomeação.

Os vencedores das várias categorias, com exceção de Melhor Canção, atribuído pelo público, serão escolhidos por um júri composto por cerca de 100 pessoas do meio da música portuguesa.

Na cerimónia de entrega dos Play, a 09 de abril no Coliseu de Lisboa, serão ainda conhecidos os vencedores do Prémio da Crítica, escolhido por dez críticos de música, e do Prémio Carreira, decidido por elementos da Audiogest, GDA e da PassMúsica.

A cerimónia de entrega dos Play, que será apresentada por Filomena Cautela, Inês Lopes Gonçalves e Vanessa Augusto, vai ser transmitida em direto na RTP1.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Crónica

Portugal, um país à prova de fake news /premium

José Diogo Quintela

Porra Vasily! Então, mas o que é que andas a fazer, pá? Portugal não necessita dos nossos trolls, nem das nossas fake news. Os partidos tradicionais encarregam-se de escangalhar a imagem da democracia

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)