Duas coisas são comuns para qualquer pessoa que tem um telemóvel: muitas vezes partem-se, como canta Conan Osiris, e mais vezes ainda perdem-se. Chamada para o encontrar. “Quem sabe, pode estar debaixo da almofada do sofá”, pensamos. Problema: está em silêncio. Nada tema, há formas que podem ajudar a encontrar os smartphones, e funcionam tanto com dispositivos com sistema operativo Android, os mais comuns, como também com o iOS, o dos iPhone.

Como funciona com cada sistema operativo?

Telemóvel é Android? Por exemplo, um Samsung Galaxy, um Huawei, um Sony Xperia ou um Xiaomi

Abrir o browser num computador ou smartphone.

Abrir o site https://www.google.com/android/find?u=0.

Iniciar a sessão com a conta Google registada no telemóvel (por norma é a principal do Gmail).

Depois, é aberta uma página que diz “Find My Device” (encontrar o meu dispositivo) com um mapa. Aqui pode ver onde está o smartphone e tem várias opções: pôr o telemóvel a tocar (mesmo que esteja em silêncio, vai funcionar); bloquear o aparelho e terminar a sessão na conta Google; ou, para casos mais extremos, apagar remotamente todo o conteúdo que está no dispositivo.

Atenção: Para poder utilizar esta ferramenta do Android, o smartphone tem de ter uma conta Google ativada no dispositivo (a tal com que vai aceder no “Find My Device”); nas “definições” em “segurança e localização” ter ativado o acesso à localização pelo Google.

O telemóvel é um iPhone? 4, 5, 5s, SE e etc., convém é ter o iOS atualizado

Abrir o browser num computador ou noutro iPhone.

Abrir o site iCloud.com/#find.

Iniciar a sessão com a sua conta do iCloud.

4º No topo, escolha que dispositivo quer encontrar.

Depois de carregar, tem três opções: “reproduzir som” (mesmo que esteja em silêncio, funciona); “Modo Perdido”, que bloqueia o smartphone e pode emitir no ecrã uma mensagem personalizada; e apagar todo o conteúdo do iPhone.

Caso o smartphone tenha sido roubado e quem o fez já tenha conseguido repor todas as definições, estas medidas não vão funcionar. Nestes casos, o melhor a fazer é avisar a polícia.