A Primeira Liga parou durante um fim de semana. Os compromissos internacionais das seleções, oficiais ou particulares, deram espaço a Sérgio Conceição, Bruno Lage, Marcel Keizer, Abel Ferreira e companhia para preparar o regresso à competição e a reta final de uma temporada que já só tem oito jornadas para disputar. A 27.ª, que arranca esta sexta-feira com o Portimonense-Moreirense (20h30), leva o FC Porto à Pedreira para enfrentar o Sp. Braga (15h30), o Sporting a Chaves para encontrar um dos adversários que mais problemas lhe tem causado nos últimos anos (18h) e vê o Benfica receber um Tondela que precisa de pontos para fugir à despromoção (20h30). Contas feitas, a próxima jornada é de especial relevância e pode agitar as águas no topo da tabela.

A forma mais fácil de pegar na calculadora é ir clube a clube. Começando pelo topo, o Benfica está praticamente obrigado a ganhar para garantir que permanece na liderança do Campeonato. Quando entrar em campo, a equipa orientada por Bruno Lage já vai saber o resultado do FC Porto em Braga: um deslize na receção ao Tondela, aliada a uma eventual vitória dos dragões frente ao Sp. Braga, abre caminho para a subida da equipa de Sérgio Conceição ao primeiro lugar e a queda dos encarnados para a segunda posição.

Lage confirma disponibilidade de João Félix e Seferovic para jogo com o Tondela

Já o FC Porto, que em teoria tem um desafio mais complicado do que o rival direto, está também pressionado a vencer para não abrir espaço ao isolamento do Benfica no topo da classificação. Em caso de vitória de dragões e encarnados, tudo permanece na mesma no que diz respeito à liderança; caso o FC Porto ganhe e o Benfica não, os dragões ficam isolados no primeiro lugar; caso o Benfica vença e o FC Porto não, acontece exatamente o inverso.

Sérgio Conceição diz que Corona “está melhor”

O Sp. Braga recebe o FC Porto e também não tem grande margem de erro. Depois de perder em Alvalade (1-3), a equipa de Abel Ferreira está agora pressionada pelo Sporting, que tem menos três pontos. Caso os bracarenses percam com os dragões e o Sporting vença em Chaves, os leões ficam colados ao Sp. Braga no terceiro lugar. Uma vitória dos minhotos, para além de agitar as contas no que diz respeito à liderança, deixaria o Sporting pressionado frente ao Desp. Chaves caso queira continuar na luta pelo último lugar do pódio.

Abel Ferreira quer Braga fiel aos seus princípios frente ao FC Porto

Por fim, o Sporting. Os leões venceram os flavienses em Alvalade com um golo de penálti de Bas Dost já nos instantes finais e precisam de repetir a vitória em Chaves para continuar a seguir de perto o Sp. Braga. Em caso de vitória — e se os bracarenses perderem com o FC Porto –, a equipa de Marcel Keizer soma 58 pontos e iguala o conjunto minhoto no terceiro lugar. Em caso de derrota, o Sporting perde uma oportunidade para chegar mais perto do pódio (em cenário de vitória do Sp. Braga) ou afasta-se de forma praticamente definitiva das ambições de ficar entre os três primeiros da Primeira Liga (em caso de vitória do Sp. Braga).

Keizer quer vitória em Chaves com Bruno Fernandes em dúvida e sem Bas Dost

Bruno Lage já confirmou que Seferovic e João Félix estão recuperados e aptos para jogar, Marcel Keizer não tem Bas Dost e ainda não sabe se terá Bruno Fernandes, Sérgio Conceição ainda não dá Jesús Corona como certo e Abel Ferreira arranca a fase final de temporada sem Raúl Silva. A 27.ª jornada pode ser decisiva e só existe mesmo uma certeza: sábado à noite, as contas dos primeiros quatro lugares da Primeira Liga vão ser diferentes das atuais.