Rádio Observador

Direitos das Mulheres

Jornalista desportiva é beijada em direto (e sem consentimento) por pugilista

Jennifer Ravalo, jornalista do Vegas Sport Daily, vai processar Kubrat Pulev, que acusa de a ter beijado e tocado sem autorização no final de uma entrevista em direto.

D.R.

A jornalista desportiva que foi beijada por um pugilista, em direto e contra a sua vontade, decidiu processar o atleta, acusando-o também de a ter apalpado.

De acordo com a Sky News, Jennifer Ravalo, que trabalha para o canal Vegas Sport Daily, afirmou que Kubrat Pulev “não tinha o direito” de a beijar no final de uma flashinterview depois do combate em que o búlgaro venceu Bogdan Dinu por knockout. Este episódio deu-se na passada semana mas só agora é que Ravalo decidiu tomar medidas concretas em relação ao sucedido, tendo, inclusive, feito uma conferência de imprensa na passada quinta-feira onde revelou ainda que Pulev tinha-lhe agarrado o rabo e “apertado com as duas mãos”, mais tarde, na mesma noite do beijo indesejado.

Ravalo afirmou ainda que Pulev “agiu como se nada tivesse acontecido” e pediu-lhe, numa festa mais tarde nessa noite, para “retirar o beijo da entrevista.” “Não retirei e insisti que ficasse no trabalho final, quis que as pessoas pudessem ver o que ele me fez”, acrescentou ainda a jornalista.

Depois do polémico beijo de 23 de março, Pulev foi alvo de grande contestação nas redes sociais, tendo o mesmo reagido, através do Twitter, que era amigo de Ravalo e que se tinha rido do beijo, tendo a jornalista, mais tarde, mudado a sua versão.

Na conferência de imprensa que Ravalo protagonizou é apresentada uma história diferente. Segundo a mesma, só conheceu Pulev no dia antes do combate, no momento das pesagens dos lutadores. O relato completo da jornalista é o seguinte: “Comecei a entrevista e a meio da mesma ele agarrou-me a cara e beijou-me. Fiquei imediatamente chocada e envergonhada sem saber como reagir. Depois segui para uma mesa, coloquei as minhas coisas na mochila e ele apertou o meu traseiro com ambas as mãos, antes de se ir embora a rir, sem dizer nada.”

Gloria Allred foi a advogada escolhida por Ravalo para a representar que espera que ela a “ajude a impor consequências” a Pulev. “Eu não encorajei ou consenti que o Sr. Pulev agarrasse a minha cara e me beijasse ou tocasse. Eu estava no combate enquanto membro de um órgão de comunicação social. Beijar uma mulher sem o seu consentimento e tocá-la não é aceitável. O que ele me fez foi nojento, senti-me humilhada. Nenhuma mulher devia sentir isso.”

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)