Os números assustam: segundo um estudo da cientista norte-americana Jenna Jambeck, todos os anos cerca de oito milhões de toneladas de plástico acabam nos oceanos, o que equivale a serem despejadas no mar, a cada hora que passa, cerca de mil toneladas de plástico, um camião cheio por minuto. Esta “espécie exótica e invasora”, como lhe chama a bióloga Ana Pêgo no livro Plasticus maritimus, representa já 80% do lixo que existe nos oceanos. A continuar assim, em 2050 haverá mais plástico no mar do que peixe.

Plasticus maritimus. Como explicar o problema do plástico às crianças

O problema está cada vez mais na ordem do dia e, a par da legislação, são também cada vez mais as alternativas que começam a surgir para declarar guerra ao descartável. Na fotogaleria sugerimos 22, de cápsulas de café reutilizáveis a sacos que não só servem para guardar alimentos como até para cozinhar a vapor.

Artigo publicado originalmente na revista Observador Lifestyle nº 3 (março de 2019).