Japão

“Harmonia” e “Ordem” é o nome da nova era que vai marcar reinado do imperador Naruhito

O nome "Reiwa" surge da combinação de dois carateres que podem ser traduzidos como "agradável" ou "ordem" e "harmonia" ou "paz", explicou o porta-voz do governo japonês.

A nova era vai começar a 1 de maio, quando o príncipe herdeiro Naruhito, de 59 anos, assumir o papel de imperador após o pai Akihito abdicar a 30 de abril

FRANCK ROBICHON/EPA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

O governo japonês anunciou esta segunda-feira que o nome da nova era que marcará o reinado do imperador Naruhito será “Reiwa”, uma combinação de dois carateres inspirados pela poesia waka nipónica.

O termo é inspirado nos principais cânticos da coleção “Manyoshu” de waka, antiga poesia japonesa, compilada por volta do século VIII, e foi escolhido entre cinco possibilidades, anunciou em conferência de imprensa o porta-voz do Governo nipónico, Yoshihide Suga.

O nome “Reiwa” surge da combinação de dois carateres que podem ser traduzidos como “agradável” ou “ordem” e “harmonia” ou “paz”, explicou Suga, que expressou o desejo de que o nome seja bem recebido pelo público e “profundamente enraizado” nas suas vidas.

A nova era vai começar a 1 de maio, quando o príncipe herdeiro Naruhito, de 59 anos, assumir o papel de imperador após o pai Akihito abdicar a 30 de abril, a primeira vez que tal sucede no Japão em mais de 200 anos.

O reinado de 85 anos do imperador Akihito durou três décadas, desde janeiro de 1989, na chamada era “Heisei”, um termo formado por dois carateres que juntos poderiam ser traduzidos como “alcançar a paz”.

Os nomes das épocas nipónicas anteriores eram “Meiji” (governo esclarecido) de 1867, quando o imperador Mutsuhito ocupava o trono; “Taisho” (grande legitimidade), de 1912, que correspondeu à era do imperador Yoshihito; e “Showa” (paz e harmonia) de 1926, durante a era do imperador Hirohito.

A escolha do novo nome, tal como o próprio anúncio, é um evento histórico para os japoneses, e resultou de uma reflexão de vários meses feita por uma comissão que integrou especialistas e líderes políticos.

“É um belo nome”, disse à emissora pública NHK o Prémio Nobel de Medicina, Shinya Yamanaka, que estava entre os nove membros da comissão.

O anúncio do nome da nova era foi transmitido em direto na televisão e foram instalados vários espaços públicos para que fosse possível à população assistir à transmissão por todo o país.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)