Suspeita de matar irmão de Kim Jong-un condenada

A mulher suspeita de matar o meio-irmão do líder norte-coreano declarou-se esta segunda-feira culpada de uma nova acusação, que substitui a de homicídio. Doan Thi Huong pode ser libertada em maio.

Por Agência Lusa