Futebol

Vitor Baía e Iva Domingues anunciam entrada no “11”, o novo canal da Federação Portuguesa de Futebol

274

O antigo guarda-redes da seleção nacional e a apresentadora Iva Domingues são os novos reforços do canal 11, o projeto da Federação Portuguesa de Futebol que arranca em maio deste ano.

"Ser pivot num canal como o «11» vai permitir-me refletir sobre futebol e contar histórias ao lado de pessoas cujas ideias respeito", escreveu Vitor Baía

“Hoje tenho novidades! Aceitei o convite do Nuno Santos e vou enfrentar um novo desafio”. Vitor Baía aproveitou o Instagram para anunciar que em breve irá vestir “a camisola do ’11′”, o novo projeto televisivo que a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) está a desenvolver para arrancar em maio deste ano. O antigo guarda-redes da seleção nacional e do Futebol Clube do Porto referiu que será o pivot de um programa da nova plataforma, não adiantando, para já, os nomes dos colegas que o vão acompanhar no projeto.

“Ser pivot num canal como o «11» vai permitir-me refletir sobre futebol e contar histórias ao lado de pessoas cujas ideias respeito”, escreveu Baía, acrescentando que o mundo televisivo sempre lhe despertou uma atenção especial. “A televisão é um mundo que me fascina e acho que nós, os antigos jogadores, temos a responsabilidade de continuar a fazer o melhor pelo futebol”, referiu.

Um dia depois deste anúncio, foi a vez de Iva Domingues informar, também através do Instagram, que vai deixar a TVI para “ser uma das principais caras do 11”. “O 11 é um novo canal de televisão e uma nova plataforma de conteúdos. Sobre futebol? Sim, mas aberto à sociedade, aberto a todos”, escreveu a apresentadora, acrescentando que estar num projeto em que acredita “desde a primeira hora”, é “um privilégio e um motivo de orgulho”.

View this post on Instagram

É com muita alegria e grande entusiasmo, que partilho convosco esta novidade: aceitei o convite do Nuno Santos para ser uma das principais caras do 11. O 11 é um novo canal de televisão e uma nova plataforma de conteúdos. Sobre futebol? Sim, mas aberto à sociedade, aberto a todos. Estar presente na fundação de um projecto desta qualidade , em que acredito desde a primeira hora, é para mim um privilégio e um motivo de orgulho. Um momento único na minha carreira. Quem me conhece, e sabe como vivo e penso a televisão, sabe que o “11” é um desafio irrecusável. À Tvi, a minha casa durante 19 anos, tenho uma palavra, Gratidão . Muito obrigada a todas e a todos que, ao longo destes anos, me acompanharam nesta viagem incrível e fizeram de mim a profissional que sou hoje. A Tvi tem e terá para sempre um lugar especial no meu coração. Não é um adeus, é um até já. Há dois anos decidi, por amor, deixar Portugal para acompanhar e ajudar a minha filha a seguir o sonho, em Los Angeles. Foi uma decisão muito difícil mas também das melhores e mais transformadoras da minha vida. O que juntas vivemos e experienciámos enriqueceu-nos e mudou-nos para sempre, de uma forma tal, que palavras não são suficientes para expressar o mundo que ganhámos e agora carregamos dentro. Mas a vida é feita de ciclos e é chegado o momento de, também por amor e de coração apertado, a deixar voar sozinha. Pertenço ao grupo de pessoas que acreditam que é possível ultrapassar o destino. É esse o exemplo que quero transmitir à Carolina. E é o que tenho tentado fazer desde os meus 20 anos, quando terminei a faculdade e me mudei de Braga para Lisboa, para ir atrás do sonho. Agora, da Califórnia para Portugal, regresso com o mesmo friozinho no estômago e a mesma excitação da juventude para me juntar a esta nova família e ajudar a construir o “11”.

A post shared by Iva Domingues (@ivadominguesoficial) on

Entre os nomes de jornalistas já confirmados para integrar o canal 11 estão também o de Cecília Carmo, que esteve três décadas na RTP, Pedro Sousa, que fez parte da TVI e da Renascença, e Nuno Madureira, antigo jornalista d’A Bola e do Maisfutebol.

Entretanto, o primeiro vice-presidente da UEFA já veio elogiar o “caráter pioneiro” desta nova plataforma de conteúdos, uma obra que foi financiada pelo programa HatTrick, criado para apoiar projetos de desenvolvimento do futebol criados pelas federações. Citado no site da FPF, Karl-Erik Nilsson sublinhou que o financiamento do canal 11 “foi aprovado por unanimidade”, acrescentando que “foi considerado um projeto muito inovador para o desenvolvimento do futebol”.

Tem a originalidade de ser feito por uma federação associada da UEFA. Vamos seguir com muito interesse a sua evolução, até porque é o primeiro projeto deste tipo a obter financiamento do Programa HatTrick”, sublinhou Karl-Erik Nilsson.

O programa HatTrick já financiou parte da construção da Cidade do Futebol, em Oeiras. O edifício do canal 11 ainda está em construção e será também na Cidade do Futebol.

(Artigo atualizado às 12h43 do dia 4 de abril com a informação sobre a contratação de Iva Domingues para o canal 11)

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: cpeixoto@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)