França

Autoridades abrem 209 inquéritos sobre violência policial nas manifestações dos ‘coletes amarelos’

Os inquéritos abertos à atuação das autoridades vão "desde insultos a ferimentos que podem ser graves". Caso se prove a existência de falhas, "haverá sanções", garante o governo francês.

Até esta quinta-feira, 23 pessoas disseram ter perdido um olho devido à ação das forças de ordem, segundo contabilizações independentes

JULIEN DE ROSA/EPA

A inspeção da polícia francesa abriu 209 inquéritos por suspeitas de violência policial nas manifestações dos “coletes amarelos” em França, anunciou esta quinta-feira o ministro do Interior, Christophe Castaner.

“São inquéritos que vão desde insultos a ferimentos que podem ser graves”, disse Castaner ao canal de televisão France 2. “Se tiver havido falhas, haverá sanções“, garantiu o ministro, que defendeu a ação da polícia.

Algumas modalidades da manutenção da ordem desde o início das manifestações dos “coletes amarelos”, que ocorrem todos os sábados desde 17 de novembro, foram alvo de críticas fortes por parte de manifestantes, partidos políticos e ativistas das liberdades públicas.

A utilização de disparos de balas de defesa é particularmente criticada, já que muitas pessoas ficaram gravemente feridas nos olhos por essas balas nas manifestações dos últimos meses. Até esta quinta-feira, 23 pessoas disseram ter pedido um olho devido à ação das forças de ordem, segundo contabilizações independentes.

O ministro do Interior lamentou por outro lado a indiferença perante os cerca de “1.628 polícias e guardas” feridos desde o início da mobilização. Exemplificou com o caso de um polícia cuja mandíbula foi arrancada nos Campos Elísios por uma pedra da calçada.

“Ninguém fala disso” porque considera-se que “um polícia ou um guarda ficar ferido é normal”, lamentou.

As manifestações dos “coletes amarelos”, que começaram por ser contra um aumento do imposto sobre o combustível e depois se alargaram ao elevado custo de vida, descambaram muitas vezes em cenas de violência, nomeadamente em Paris e outras grandes cidades como Bordeaux ou Toulouse.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)