O Governo vai iniciar o levantamento das necessidades de investimento dos agricultores em equipamentos de captação, transporte e armazenamento de água, “tendo em conta as condições climatéricas verificadas em Portugal Continental”, foi esta quinta-feira anunciado.

Em comunicado, o Ministério da Agricultura indicou que este levantamento, através das direções regionais de Agricultura e Pescas, tem também como objetivo averiguar as necessidades de investimento em equipamentos para abeberamento de gado.

Tendo em conta as atuais condições climatéricas verificadas em Portugal continental, e a provável evolução para uma situação de seca agrometeorológica e hidrológica, o Ministério da Agricultura disponibilizou, através das direções regionais de Agricultura e Pescas, um formulário de identificação de necessidades, a preencher pelos agricultores”, lê-se no documento.

De acordo com o ministério liderado por Capoulas Santos, os agricultores têm até 15 de maio para preencher este documento e deverão também indicar os meios de que já dispõem.

Esta medida insere-se no âmbito da atividade da Comissão Permanente de Prevenção, Monitorização e Acompanhamento dos Efeitos da Seca, que acompanha “o impacto da situação da seca no terreno, em cada momento”.

Neste sentido, as direções regionais têm entre os dias 15 e 30 de cada mês de disponibilizar informação sobre a evolução da situação de seca nas respetivas regiões.

A informação em causa deverá “caracterizar a atual situação e a evolução dos recursos hídricos privados, das pastagens e forragens, culturas permanentes e temporárias”, explica o Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural.