Rádio Observador

Brasil

Bolsonaro anuncia 13º salário para apoio a famílias muito pobres

O dinheiro vai ser transferido diretamente para famílias que ganham entre 20,55 e 40,98 euros ou abaixo destes valores. O benefício médio pago por agregados familiares é cerca de 42,94 euros.

O chefe de Estado acusou ainda o Partido dos Trabalhadores de ter recusado esse apoio no passado

ABIR SULTAN/EPA

O Presidente brasileiro anunciou na quinta-feira o cumprimento de uma das suas promessas de campanha, através do pagamento do 13º salário no programa ‘Bolsa Família’, um plano de ajuda estatal a famílias carenciadas.

O 13º(salário) do ‘Bolsa Família’ será anunciado na próxima semana, para atingir diretamente os mais necessitados. De onde virá o recurso? Do combate à fraude, que existe. E muita fraude. (…) O 13º vai estar garantido para as pessoas do Bolsa Família no final do ano”, disse Jair Bolsonaro, numa transmissão em direto na sua conta da rede social Facebook.

O chefe de Estado acusou ainda o Partido dos Trabalhadores (PT) de ter recusado esse apoio no passado.

“Lá atrás, o PT negou no Senado o projeto que tratava desse assunto, mas nós resolvemos aqui, pelo executivo, tratar desse assunto, e o 13º salário do Bolsa Família será anunciado oficialmente na próxima semana”, afirmou o governante, referindo-se à semana em que completará 100 dias no poder.

O programa ‘Bolsa Família’ foi convertido em lei pelo ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em janeiro de 2009.

O plano consiste na transferência direta de rendimentos para famílias em situação de pobreza, que ganham entre 89,01 até 178,00 reais por pessoa (20,55 até 40,98 euros) ou extrema pobreza, em que ganhem menos de 89,01 reais por pessoas.

O objetivo do programa, além de combater a pobreza, é permitir às famílias acesso a direitos básicos, como alimentação, educação e saúde. O benefício médio pago por família é de 186 reais (cerca de 42,94 euros).

Durante a transmissão em direto, Bolsonaro afirmou ainda que 95% das metas estabelecidas para os seus primeiro 100 dias de Governo serão cumpridas, e que os outros 5% serão cumpridos “parcialmente”, sem entrar em detalhes.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)