O Brasil anunciou esta sexta-feira que vai começar a fabricar para uso comercial ainda este ano o primeiro míssil antinavio de superfície desenvolvido totalmente no país, prevendo já fazer adaptações para os mísseis poderem ser lançados de helicópteros e submarinos.

O anúncio foi feito na Exposição Latino-americana de Espaço e Defesa (LAAD, na sigla em inglês) pelas empresas responsáveis pelo desenvolvimento desta arma, que já realizou com sucesso os testes dos protótipos.

O míssil, com 5,6 metros de comprimento e 860 quilos de peso, alcança uma velocidade de até mil quilómetros por hora em menos de sete segundos e tem um alcance de 70 quilómetros.

A Marinha de Guerra do Brasil já testou estas armas através de lançamentos feitos de navios militares, acrescenta a agência de notícias espanhola Efe.