Rádio Observador

Pesca

Apreendidas em Alcochete oito toneladas de amêijoa-japonesa avaliada em 81.500 euros

A GNR detetou dois homens na posse dos bivalves. Nos primeiros quatro meses de 2019 foram apreendidos e devolvidos ao habitat cerca de 23 toneladas de espécimes de amêijoa-japonesa.

Os bivalves estavam vivos e foram devolvidos ao seu habitat natural

José Goulao/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

O Destacamento de Controlo Costeiro de Lisboa apreendeu esta terça-feira, em Samouco, concelho de Alcochete, distrito de Setúbal, oito toneladas de amêijoa-japonesa, avaliada em 81.500 euros, anunciou a GNR, em comunicado.

No decorrer de uma ação de vigilância de combate da apanha de amêijoa-japonesa, os militares da Guarda Nacional Republicana (GNR) detetaram “dois homens na posse de oito toneladas de bivalves, armazenados em espaços improvisados sem quaisquer condições higieno-sanitárias”, lê-se no comunicado.

Os bivalves apreendidos não se faziam acompanhar do documento de registo necessário e a sua captura sem que “sejam sujeitos a um controlo higiossanitário” pode colocar em causa a saúde pública. No comunicado divulgado, a GNR explicou que “os bivalves, por se encontrarem vivos, foram devolvidos ao seu habitat natural”.

Os dois homens, com 32 e 44 anos, foram identificados e foram-lhes passados, pela GNR, os autos de contraordenação respetivos.

Esta apreensão decorreu de um conjunto de ações desenvolvidas pelo Destacamento de Controlo Costeiro de Lisboa, “que visam o combate à apanha ilícita e posterior comercialização de moluscos e bivalves no Estuário do Rio Tejo”.

“Nos primeiros quatro meses [do ano] foram apreendidos e devolvidos ao habitat cerca de 23 toneladas de espécimes de amêijoa-japonesa que, ao serem impedidos de entrar no consumo, representam cerca de 230 mil euros que são subtraídos ao mercado paralelo ilícito da apanha e que financiariam essas mesmas atividades”, concluiu a força policial no comunicado.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Jesus Cristo

Santos da casa também fazem milagres! /premium

P. Gonçalo Portocarrero de Almada
288

Todas as casas reais peninsulares descendem do profeta Maomé. Há uns séculos, este parentesco era muito indesejável mas ainda poderá ser de grande utilidade, se a Europa for ocupada pelo Islão.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)