Rádio Observador

PSA

Sem distracções. PSA está “aberta a oportunidades”

O português Carlos Tavares, CEO da PSA, confirmou em entrevista que o grupo francês está de olho em aquisições ou fusões que lhe permitam expandir-se. E não desmentiu o interesse na Jaguar Land Rover.

A PSA está a viver um período de tal forma positivo sob a gestão de Carlos Tavares que o gestor português assumiu publicamente que pretende avançar para um cenário de colaborações ou fusões com outras marcas automóveis.

A compra da Opel/Vauxhall, há cerca de dois anos, saldou-se numa operação tremendamente bem-sucedida, a ponto de o respectivo plano de recuperação ter saldo positivo um ano antes do previsto, com o regresso da Opel aos lucros em 2018.

A “magia” de Tavares teve o condão de sensibilizar a própria família Peugeot, que detém 12% das acções da PSA, com Robert Peugeot a confirmar que Tavares teria “carta-branca” para avançar com novas aquisições. Mas, até agora, o gestor português ainda não se tinha pronunciado sobre o tema. Fê-lo em entrevista à Autocar Índia, a quem não desmentiu o interesse nas marcas do grupo indiano Tata Motors.

Segundo Carlos Tavares, ainda não houve quaisquer negociações com a Jaguar e a Land Rover (JLR), pese embora os fabricantes britânicos estejam a atravessar um período difícil, acumulando prejuízos, fazendo cortes e assumindo precisar de capital na ordem dos 900 milhões de euros. Mas nem este quadro (negro) demove a Tata, que insiste em reafirmar não ter qualquer intenção de se desfazer da JLR.

Recorde-se que quando se soube que a PSA estaria interessada em reforçar a sua posição, adicionando novas insígnias ao seu portefólio de marcas, a JLR foi um dos grupos sinalizados como interessantes para o conglomerado francês, o mesmo acontecendo em relação à Fiat Chrysler Automobiles (FCA). Sucede que, no caso do grupo italo-americano, as conversações evoluíram estritamente para uma parceria nos eléctricos, o que deveria levar a PSA a apontar baterias às marcas da Tata. Não, segundo Tavares: “Nós não temos um alvo específico. Mas se houver oportunidades, é claro que vamos considerar isso.” No entanto, acrescenta o executivo, esta vontade de crescer não pode ser uma fonte de distracção para a PSA. E a prova que Tavares não anda distraído é que já admite rever o posicionamento da DS no grupo, em caso de uma eventual integração da Jaguar e da Land Rover – dois construtores premium, tal como a DS.

Comparador de carros novos

Compare até quatro, de entre todos os carros disponíveis no mercado, lado a lado.

Comparador de carros novosExperimentar agora

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: scarvalho@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)