A fase de qualificação da quinta edição do Estoril Open vai contar com a presença de sete jogadores do top-100 do ranking mundial, em 27 e 28 de abril, no Clube de Ténis do Estoril.

O espanhol Pablo Andujar (70.º ATP), o boliviano Hugo Dellien (76.º), o australiano Bernard Tomic (79.º), o uruguaio Pablo Cuevas (83.º), o argentino Guido Andreozzi (90.º), o britânico Daniel Evans (91.º) e o norte-americano Bradley Klahn (93.º) não garantiram a entrada direta no quadro principal e ficaram obrigados a jogar o qualifying do ATP 250 português.

Entre o lote de 16 jogadores da grelha de qualificação, dois dos quais entrarão com wild card, atribuídos pela organização, destaque ainda para o jovem australiano Alexei Popyrin, de 19 anos, que chegou à terceira ronda Open da Austrália, e o regresso do espanhol Roberto Carballes-Baena, que, em 2018, só perdeu diante o grego Stefanos Tsitsipas nos quartos de final.

Depois do cut-off mais baixo de sempre para o quadro principal (o último a entrar figurava no 64.º lugar do ranking ATP), o lote de inscritos para a fase de qualificação apresenta-se também muito forte, com João Domingues (221.º ATP) e Gastão Elias (302.º) a ficarem de fora, ocupando a 15.ª e 23.ª posições, respetivamente, na lista de suplentes.

No quadro principal estão já garantidos João Sousa, campeão em título, e Pedro Sousa, que recebeu um convite para disputar a quinta edição do Estoril Open, que irá decorrer entre 27 de abril e 05 de maio, no Clube de Ténis do Estoril.