A bolsa de Nova Iorque voltou esta quarta-feira a negociar em alta, enquanto os investidores esperam pela divulgação das atas da reunião da Fed e depois do Banco Central Europeu ter mantido as taxas de juro em mínimos históricos.

Cerca das 14:55 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones Industrial subia 0,07% para 26.170,58 pontos, enquanto o Standard &Poor’s valorizava 0,22% para 2.884,48 pontos.

O tecnológico Nasdaq ganhava 0,25% para 7.929,30 pontos.

A bolsa de Nova Iorque está a negociar com os investidores a mostrarem “algum otimismo”, depois de na terça-feira a sessão ter encerrado em baixa, e a aguardarem pela saída das atas da reunião da Reserva Federal norte-americana (Fed), disseram os analistas.

O Banco Central Europeu (BCE) decidiu hoje que vai deixar as taxas de juro inalteradas, reiterando que a decisão deverá manter-se até ao final de 2019.

Em comunicado divulgado após a reunião de política monetária de hoje, o BCE referiu que a principal taxa de refinanciamento se mantém em 0%, a taxa de facilidade permanente de cedência de liquidez permanece em 0,25% e a taxa de juro dos depósitos continua em terreno negativo (-0,40%).

Na terça-feira, a bolsa nova-iorquina terminou em baixa a sessão, quando se aproxima mais uma época de publicação dos resultados trimestrais e face à ameaça de tensões comerciais entre Washington e Bruxelas.

O índice Dow Jones Industrial cedeu 0,72%, para os 26.150,58 pontos, o tecnológico Nasdaq recuou 0,56%, para os 7.909,28 pontos, e o Sandard & Poor’s perdeu 0,61%, para os 2.878,20 pontos, terminando com oito sessões consecutivas a fechar em alta.