Rádio Observador

Auto

E o carro mais votado pelos nossos leitores foi…

O Audi A1 Sportback foi o carro mais votado na 2ª edição dos Prémios Auto Observador – A Escolha dos Portugueses. Entre 57 modelos, confira quais os vencedores das nove categorias a concurso.

Autor
  • Observador
Mais sobre

Nove semanas de votação culminaram num evento de cerca de duas horas: foram ontem entregues, na Fundação EDP (Central Tejo, Lisboa) os troféus aos vencedores da segunda edição dos Prémios Auto Observador – A Escolha dos Portugueses (pode rever a cerimónia na íntegra aqui). Chamados a escolher o carro introduzido no mercado português em 2018 que consideram ser o melhor em cada uma das nove categorias a concurso, os portugueses distinguiram o Audi A1 Sportback – o modelo mais votado pelos leitores entre os 57 participantes no escrutínio.

A competição envolveu 29 marcas, mas apenas cinco foram galardoadas. A Audi foi claramente uma das grandes vencedoras desta iniciativa, levando para casa mais dois prémios, o que a deixa em posição de igualdade com a BMW, que também saiu desta votação triplamente laureada. Os dois únicos modelos da Volvo a concurso entraram para ganhar, com a Mercedes e a Jaguar a completarem o leque de fabricantes premiados pelos nossos leitores.

Com o patrocínio da Continental e da Valorpneu, a 2ª edição dos Prémios Auto Observador – a Escolha dos Portugueses contabilizou cerca de 10 mil votantes e mais de 30 mil votos, num processo de votação exclusivamente online e sujeito à autenticação de quem introduz o voto.

Recomendador: descubra o seu carro ideal

Não percebe nada de carros, ou quer alargar os horizontes? Com uma mão-cheia de perguntas simples, ajudamo-lo a encontrar o seu carro novo ideal.

Recomendador: descubra o seu carro idealExperimentar agora
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Estilo de Vida

Um vício anacrónico

Rui Martins

Num padrão de vida urbano, com uma saída de fim-de-semana por mês e trabalhando e vivendo em Lisboa, ter carro e não o substituir pelo transporte público ou mobilidade partilhada é um vício anacrónico.

Minas

O lítio. Contra a desinformação marchar, marchar!

Filipe Anacoreta Correia

A extração do lítio não representa um retorno elevado e a acontecer seria o mais grave atentado à riqueza do nosso país: o desenvolvimento sustentável e a preservação do seu património natural.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)