Catástrofes

Idai. Zimbabué doa 90 toneladas de produtos diversos a Moçambique

O Governo do Zimbabué, país atingido pela passagem do ciclone Idai, doou 60 toneladas de roupa e 30 de produtos alimentares às vítimas do Idai em Moçambique.

MIGUEL A. LOPES/EPA

Autor
  • Agência Lusa

O Governo do Zimbabué, país atingido pela passagem do ciclone Idai, doou 60 toneladas de roupa e 30 de produtos alimentares às vítimas do Idai em Moçambique, noticiou hoje a Agência de Informação de Moçambique (AIM).

O executivo zimbabueano mobilizou a ajuda, em parceria com organizações da sociedade civil daquele país.

O representante da Associação de Amizade Moçambique-Zimbabwe (ZIMOFA), entidade que encaminhou o apoio em nome do Governo de Harare, afirmou que o gesto traduz a união histórica entre os dois povos.

“O Zimbabué também sofreu bastante os efeitos do mau tempo, houve registo de mortes e destruições, mas quando olhamos para aquilo que aconteceu aqui em Moçambique, ficamos sensibilizados e decidimos tirar um pouco daquilo que temos para apoiar os nossos irmãos”, declarou Dave Popatlat.

O ciclone Idai atingiu a região centro de Moçambique, o Maláui e o Zimbabué em 14 de março.

Segundo o último balanço das autoridades moçambicanas, o ciclone fez 602 mortos e 1.641 feridos, tendo afetado mais de 1,5 milhões de pessoas no centro de Moçambique.

As autoridades do Zimbabué revelaram hoje que o ciclone causou 344 mortos no país, revendo em alta estimativas anteriores, que indicavam entre 180 a 250 vítimas mortais. Estão ainda pelo menos 257 pessoas dadas como desaparecidas no leste do país.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Moçambique

Idai

Gabriel Mithá Ribeiro

Sobretudo por causa da parceria com a China, e como outros países africanos, a floresta de Moçambique tem sido dizimada a um ritmo avassalador. Nisto o governo local tem seriíssimas responsabilidades.

Moçambique

A passagem do ciclone Idai por Moçambique

Salimo Amad Abdula

Seria injusto não reconhecer e expressar o meu orgulho pelo crescimento cívico e solidário que têm sido demonstrados a nível nacional (como moçambicanos), em especial pela geração mais jovem.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)