Brasil

Presidente brasileiro é o político mais ativo no Facebook

O Presidente brasileiro é o líder político mais ativo no Facebook, com 145 milhões de interações, enquanto o primeiro-ministro indiano, Narenda Modi, é o mais popular.

Jair Bolsonaro governa o Brasil há 100 dias

ABIR SULTAN/EPA

Segundo um estudo, Jair Bolsonaro é o líder político mais ativo no Facebook — tem 145 milhões de interações — mas o mais popular é o primeiro-ministro indiano, Narenda Modi.

Segundo a investigação, elaborada pela agência de comunicação Burson Cohn & Wolf (BCW) com base em dados de cerca de mil dirigentes políticos, Modi tem 43,5 milhões de seguidores da sua página pessoal.

If anyone doubts the direction of the political wind in Karnataka, see these photos from Chitradurga and Mysuru. ‬‪BJP is sweeping, Congress-JD(S) will be rejected.

Posted by Narendra Modi on Tuesday, April 9, 2019

O Presidente norte-americano, Donald Trump, também está entre os que mais utiliza aquela rede social com mais de 50.000 anúncios pagos.

“Uma estratégia de anúncios pagos continua a ser essencial para assegurar um bom impacto”, referiu o diretor de Inovação da BCW, Chad Latz, num comunicado.

FAKE NEWS!

Posted by Donald J. Trump on Tuesday, April 9, 2019

De acordo com o levantamento, a página da primeira-ministra britânica, Theresa May, também serviu para apoiar o seu plano de saída da União Europeia, que está a ser debatido no Reino Unido, com 74 publicações em dezembro do ano passado.

As alterações no algoritmo do Facebook, que passou a dar prioridade às publicações de amigos, familiares e grupos, fizeram com que o número total de interações dos políticos tivesse caído 32,3% desde 2016, refere o estudo.

No top de popularidade, Trump aparece depois de Modi, com 23 milhões de “gostos”, enquanto a rainha da Jordânia ocupa a terceira posição com 16,9 milhões de seguidores.

O Presidente norte-americano também é o segundo quanto à atividade da sua página de Facebook, com 84 milhões de interações, embora a uma grande distância de Bolsonaro.

‪- O Hospital do Grupo de Assistência à Criança com Câncer recebe pacientes em várias fases do tratamento. É referência no atendimento de crianças e jovens entre 0 e 19 anos de toda região metropolitana do Vale do Paraíba, atendendo a população carente da região. CAIXA Notícias

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Wednesday, April 10, 2019

Relativamente a páginas dos governos, a mais ativa é a do Botsuana, com 37 publicações por dia, seguida das da República Dominicana e do Gana, com uma média de 20 entradas diárias.

A BCW também elabora outros estudos sobre o uso de redes sociais por parte dos líderes mundiais, como o Twitter ou o Instagram.

Todos queremos saber mais. E escolher bem.

A vida é feita de escolhas. E as escolhas devem ser informadas.

Há uns meses o Observador fez uma escolha: uma parte dos artigos que publicamos deixariam de ser de acesso totalmente livre. Esses artigos Premium, por regra aqueles onde fazemos um maior investimento editorial e que mais diferenciam o nosso projecto, constituem a base do nosso programa de assinaturas.

Este programa Premium não tolheu o nosso crescimento – arrancámos mesmo 2019 com os melhores resultados de sempre.

Este programa tornou-nos mesmo mais exigentes com o jornalismo que fazemos – um jornalismo que informa e explica, um jornalismo que investiga e incomoda, um jornalismo independente e sem medo. E diferente.

Este programa está a permitir que tenhamos uma nova fonte de receitas e não dependamos apenas da publicidade – porque não há futuro para a imprensa livre se isso não acontecer.

O Observador existe para servir os seus leitores e permitir que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia. Por isso o Observador também é dos seus leitores e necessita deles, tem de contar com eles. Como subscritores do programa de assinaturas Observador Premium.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Filhos

Guarda conjunta em residência alternada /premium

Eduardo Sá

A recomendação de ser “regra” o regime de guarda conjunta com residência alternada, se mal gerida, pode trazer a muitas crianças uma regulação da responsabilidade parental mais populista do que justa.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)