Rádio Observador

Alojamento Local

GuestReady compra concorrente francesa e passa a liderar a gestão de alojamento local na Europa

Empresa de gestão de alojamento local já tinha comprado a Oporto City Flats e a Easy Rental Services. Postos de trabalho na BnbLord vão ser mantidos e fundadores integram gestão da GuestReady.

Desde que foi lançada, no verão de 2016, a GuestReady já tinha adquirido duas empresas concorrentes: Oporto City Flats e Easy Rental Services

GuestReady

A GuestReady, uma startup internacional de gestão de unidades de alojamento local (AL) em plataformas online, anunciou esta quinta-feira a compra da BnbLord, a maior empresa de administração de unidades de AL em França. Os valores da operação não foram, no entanto, divulgados.

Em comunicado, a startup que está em Portugal desde novembro de 2018 refere que “a união das duas empresas dará origem ao fornecedor líder na Europa na área da gestão de unidades de alojamento local”, gerindo, em conjunto, mais de 200 propriedades em Portugal. Segundo Alexander Limpert, cofundador e presidente do GuestReady Group, a forte presença da BnbLord em Lisboa foi uma das razões que levaram a esta aquisição. “Vemos imenso potencial no mercado português e esta aquisição é a continuação da nossa estratégia de expansão lá”, acrescentou.

Desde que foi lançada, no verão de 2016, a GuestReady já tinha adquirido duas empresas concorrentes: Oporto City Flats e Easy Rental Services. A empresa faz a gestão de serviços dedicados sobretudo aos proprietários, prometendo ajudá-los com a logística dos imóveis, na colocação do anúncio em várias plataformas, no contacto personalizado com o cliente, entre outros serviços. Desde o início deste ano, a startup oferece também serviços business-to-business (de empresa para empresa) para promotores e agentes imobiliários.

Desde o início que nos temos concentrado muito na excelência operacional e no desenvolvimento de tecnologia que nos permite automatizar processos complementares. Deste modo, podemos administrar o nosso amplo portfólio de propriedades com eficiência, graças a uma sofisticada plataforma tecnológica que construímos internamente nos últimos anos”, referiu Alexander Limpert, citado em comunicado.

A empresa assegura ainda que “toda a equipa da BnbLord integrará o GuestReady Group e todos os postos de trabalho serão mantidos, com a equipa fundadora da BnbLord a ocupar cargos de topo na gestão” da empresa. “Temos sido concorrentes amigáveis da GuestReady nos últimos dois anos e agora estamos entusiasmados por unirmos forças. Esta indústria está a amadurecer rapidamente e estamos felizes por integrar o líder tecnológico deste mercado. Com a nossa experiência partilhada podemos acelerar ainda mais o nosso crescimento”, acrescentou Léo Bonnet, cofundador e presidente da BnbLord.

O serviço da GuestReady pode ser explicado em três passos: um proprietário que queira colocar a sua casa ou apartamento para arrendamento entra em contacto com a empresa. Nesta fase, a GuestReady vai querer “saber tudo sobre a casa” e ajuda o proprietário com várias ferramentas: conselhos sobre design, logística, estimativas de valores, ferramentas tecnológicas a que pode recorrer para a casa e até alguns conselhos legais. De seguida, é feita a preparação do anúncio para várias plataformas de alojamento, como a Airbnb, o Booking.com ou a HomeAway. Esta preparação envolve a captação de fotografias profissionais, a gravação de vídeos para colocar no anúncio e a otimização dos preços.

Por fim, e depois de o anúncio estar online, a GuestReady não fica por aqui e pode incluir um serviço personalizado de atendimento dos hóspedes — além de uma seleção criteriosa dos mesmos –, ao tratar da comunicação, da limpeza do espaço, da entrega segura das chaves, do check-in e também ao assegurar que tudo está preparado para receber os clientes e que a sua estadia será sempre acompanhada.

Com sede na Suíça, a GuestReady está presente em Portugal, Reino Unido, França, Emirados Árabes Unidos, Malásia e Hong Kong e já levantou duas rondas de financiamento de 3,7 milhões de dólares (cerca de 3,3 milhões de euros). Já a BnbLord, fundada em 2015, opera em várias cidades da Europa e no ano passado gerou mais de 10 milhões de euros em receitas.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros de órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: cpeixoto@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)