Um jovem português de 18 anos, que sofre de autismo, e que estava desaparecido desde as 22h de sexta-feira em Baiona (Galiza, Espanha), onde vive com a mãe, foi encontrado este domingo em Vila Franca de Xira, segundo avança a TVI.

De acordo com a estação de televisão, que obteve informações da polícia espanhola, o jovem fez a pé um dos chamados “Caminhos de Santiago” durante a noite de sexta-feira e terá pedido informações sobre os horários dos comboios junto dos bombeiros de Vila Nova de Cerveira. Terá sido encontrado na manhã de domingo, em Vila Franca de Xira (Portugal), por uma amiga que o levou até junto do seu pai, que ali vive.

Segundo a TVI, o jovem estava “bastante debilitado” por não ter tomado a medicação e por não comer já há algum tempo. O pai terá então entrado em contacto com a mãe e informado sobre o paradeiro do filho, tendo de seguida ido até à esquadra mais próxima.

Segundo o jornal La Voz de Galicia, a família de Ângelo Daniel temia que o jovem tivesse ido à cidade de Vigo para comprar uma trotinete, pela qual já se tinha interessado há dias.

Quando desapareceu, Ângelo Daniel vestia um casaco preto, umas calças e fato de treino escuras, sapatilhas desportivas e uma mochila com um adesivo da Ferrari, detalha o La Voz de Galicia. De cabelo escuro, o jovem mede entre 1,75 e 1,80 metros.

Ângelo vive em Baiona há três semanas. Antes, vivia em Lisboa num centro especializado devido aos seus problemas de saúde, mas a mãe decidiu levá-lo para Espanha. Apesar de ser autista, acrescenta aquele jornal galego, Ângelo Daniel relaciona-se com as pessoas e responde a perguntas, o que significa que quem o avistar poderá aproximar-se dele e interpelá-lo.