Rádio Observador

Séries

HBO. Atraso na exibição da nova temporada da “Guerra dos Tronos” gera onda de protestos

1.713

Milhares de fãs ficaram descontentes com os problemas no serviço da HBO Portugal. Estreia da série foi anunciada para as duas da manhã mas só horas mais tarde é que ficou disponível.

HBO

Já passaram umas horas desde aquele que será um dos mais importantes (ou antecipados, pelo menos) momentos televisivos de 2019. A estreia da última temporada da “Guerra dos Tronos” marcava o ponto final da lucrativa história de George R.R. Martin e, de acordo com o que tinha sido anunciado pela HBO Portugal, ela estaria disponível para visualização a partir das 2h da manhã do dia 15 de abril — tal não se verificou.

Muitos problemas na transmissão do primeiro episódio da oitava temporada marcaram o tão aguardado momento, havendo vários registos, comunicados através das redes sociais, de que muitos precisaram de esperar madrugada dentro para conseguir ver o que acontecera a Jon Snow e companhia. Entretanto, a HBO Portugal confirmou ao Observador que “infelizmente” tiveram “problemas técnicos inesperados com a estreia do episódio 1 da temporada 8, de A Guerra dos Tronos”, situação que se terá mantido “durante cerca de 70 minutos, esta madrugada”. No mesmo comunicado lamentam os inconvenientes acusados e relembram que qualquer problema técnico poderá ser apresentado ao seu serviço de apoio ao cliente. Terminam afirmando “continuar a trabalhar” para dar aos seus clientes “todos os episódios de A Guerra dos Tronos em simultâneo com os EUA”.

Estas foram as únicas informações prestadas pela empresa norte-americana que chegou há pouco a Portugal e que, a par do canal SyFy, tem os direitos de exibição da série. Não foram respondidas as questões específicas apresentadas pelo Observador.

Quando no canal de televisão por cabo o episódio já tinha terminado (foi exibido em simultâneo com os EUA),  ainda não era possível aceder ao serviço de streaming da HBO Portugal. Na aplicação da Vodafone nada funcionava, assim como com na aplicação móvel, onde aparecia apenas a mensagem “em breve”. A polémica foi tal que através da sua página de Facebook, a HBO fez um comunicado a pedir desculpas (entretanto apagado e substituído por outra mensagem onde se afirmava já estar disponível).

O primeiro episódio da temporada 8 de A Guerra dos Tronos já está disponível na hboportugal.com.

Posted by HBO Portugal on Sunday, April 14, 2019

“O episódio está a chegar. O exército dos mortos apareceu sem avisar e temos as várias Casas a trabalhar para os derrotar. Estamos a fazer de tudo para derrotar o inimigo e disponibilizar o episódio o mais rápido possível. Pedimos desculpa pela situação e agradecemos a vossa paciência”, lia-se na mensagem inicial.

Foi com várias horas de atraso que o episódio finalmente acabou por ser exibido mas isto apenas através do site deste serviço de streaming. Utilizadores do serviço de televisão da Vodafone, o único que disponibiliza a plataforma HBO via televisão, só deverão conseguir assistir a partir das 9h desta segunda-feira, 15 de abril — como se pode ver em comentários feitos na conta de Instagram do serviço norte-americano.

Nas mesmas redes sociais têm-se multiplicado as reivindicações de vários fãs desta história.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: dlopes@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)