FC Porto

Esperados cerca de 2.700 adeptos ingleses para um FC Porto-Liverpool de risco elevado

A operação policial divide-se entre aeroporto, cidade e estádio, explicou o subintendente Cardoso da Silva. A polícia espera que os adeptos ingleses cheguem quarta-feira para o encontro da Champions.

Partida realiza-se quarta-feira, às 20h00, no Estádio do Dragão

ANTONIO COTRIM/LUSA

O Comando Metropolitano da Polícia de Segurança Pública (PSP) do Porto disse, esta terça-feira, esperar 2.700 adeptos ingleses no jogo FC Porto-Liverpool, considerado de risco elevado, da segunda mão dos quartos de final da Liga dos Campeões de futebol.

Em conferência de imprensa realizada no Porto, o subintendente Cardoso da Silva traçou o plano de ação policial para o encontro de quarta-feira, que marca o regresso do Liverpool à Cidade Invicta, explicando que a operação vai dividir-se entre aeroporto, cidade e estádio.

Sem divulgar o número de agentes envolvidos, Cardoso da Silva revelou que no terreno estarão “equipas de proximidade, investigação, spotters e, de forma mais enérgica, a unidade especial de polícia”.

A operação no recinto vai iniciar-se pelas 17h00, tendo o responsável anunciado que a lotação do Estádio do Dragão “vai estar esgotada, com cerca de 50.000 pessoas”. Cardoso da Silva apelou para que os adeptos “recorram aos transportes públicos” para acederem ao recinto, que abrirá as portas às 18h30, declarando “tolerância zero” para os adeptos que, “chegando em cima da hora, optam por estacionar na VCI” e que ficarão sujeitos “a multa e reboque da viatura”.

Sobre os adeptos ingleses, o subintendente disse que “vão chegar cerca de 2.700”, a maioria “na quarta-feira”, classificando, por isso, de “risco elevado” a partida que decidirá o apuramento para as meias-finais da competição.

Confrontado com a possibilidade de haver adeptos sem bilhete para o jogo a viajar para o Porto, o subintendente garantiu que se isso acontecer “irão estar monitorizados”, divulgando que a informação que chegou à PSP é que “virão adeptos regulares, não de risco”.

O campeão nacional procura recuperar em casa da desvantagem de 2-0 trazida de Inglaterra, no jogo da segunda mão, na quarta-feira, que tem início agendado para as 20h00.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Eleições Europeias

Querida Europa...

Inês Pina

Sabemos que nos pedes para votarmos de cinco em cinco anos, nem é muito, mas olha é uma maçada! É sempre no dia em que o primo casa, a viagem está marcada, em que há almoço de família…

Educação

Aprendizagem combinada: o futuro do ensino

Patrick Götz

Só integrando a tecnologia na escola se pode dar resposta às necessidades do futuro, no qual os futuros trabalhadores, mesmo que não trabalhando na indústria tecnológica, terão de possuir conhecimento

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)