Paris

Notre Dame. Vídeo da última celebração mostra catedral cheia meia-hora antes de incêndio

763

As vésperas (oração da tarde) começaram às 17h45. A última celebração em Notre Dame acabou meia-hora antes do incêndio. A igreja estava cheia como se vê neste vídeo.

Imagens da transmissão em direto mostram como, meia-hora antes de o incêndio deflagrar, se encontravam muitos fiéis dentro da catedral de Notre Dame

O incêndio que destruiu parcialmente a catedral de Notre Dame, em Paris, deflagrou às 18h50. Meia-hora antes, terminava no interior daquele templo parisiense a celebração das vésperas de segunda-feira da Semana Santa, uma celebração que contou com a participação de muitos fiéis e que foi transmitida em direto pela KTO, um canal de televisão católico francês que emitia habitualmente os mais importantes momentos litúrgicos na catedral de Notre Dame.

O vídeo, que continua disponível no canal da KTO no YouTube, permite perceber como estava o interior da catedral 30 minutos antes do incêndio que a viria a destruir. Pelas imagens, é possível perceber que a nave central da igreja se encontrava praticamente cheia para a celebração das vésperas — a oração da tarde dos católicos, que consiste na recitação de um conjunto de salmos e hinos próprios para cada dia do ano litúrgico. Estas orações, da chamada Liturgia das Horas, são celebradas habitualmente com maior solenidade nas comunidades durante a Semana Santa, precisamente a que começou no último domingo e que se estende até à Páscoa.

O incêndio acabaria por destruir grande parte da igreja, provocando o colapso do telhado e, inclusivamente, a queda do pináculo. O fogo só foi totalmente extinto na madrugada de terça-feira, após nove horas de combate às chamas. O presidente francês, Emmanuel Macron, já confirmou que a igreja será reconstruída.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: jfgomes@observador.pt
Paris

A janela de Victor Hugo /premium

Paulo Tunhas

Notre-Dame é algo perfeitamente identificável por toda a gente. Dito de outra forma: num indivíduo que todos conhecemos. E o fogo confrontou-nos com a possibilidade de assistir em directo à sua morte.

Paris

A Páscoa, o Papa e a Notre Dame

Rita Fontoura
170

A Europa está a arder por dentro e infelizmente não há quem possa garantir que, quando o fogo acabar, será reconstruída desde que existam os fundos. Na Europa somos nós os incendiários e os bombeiros.

Paris

A Notre-Dame de Paris (e nossa) /premium

André Abrantes Amaral

A Notre-Dame de Paris foi construída num tempo de mudança, para fazer face a essas mudanças, mas também para fazer parte delas. Era um marco de um tempo em que a Igreja estava a par do tempo.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)