Ivanka Trump, filha do presidente dos Estados Unidos, anunciou esta quarta-feira em entrevista à Associated Press que recusou uma oferta de emprego do pai para chefiar o Banco Mundial.

“Ele perguntou-me (sobre o cargo), sim. Mas eu adoro o trabalho que estou a fazer”, afirmou. Ivanka Trump trabalha como conselheira na administração da Casa Branca.

A filha do presidente norte-americano supervisionou, no entanto, a escolha do novo líder do Banco Mundial. “David Malpass foi escolhido unanimemente e fará um trabalho fantástico”, declarou. “Ele (David Malpass) sabe que a missão do Banco Mundial é erradicar a pobreza e preocupa-se com isso”, continuou.

O presidente terá oferecido o cargo à filha por considerar que Ivanka é “boa com números”.