Marinha Portuguesa

Localizado barco de pesca desaparecido em Peniche. Tripulação encontra-se bem

159

Embarcação lançou um alerta às 23h50 de quarta-feira. As ligações posteriores para entrar em contacto com a embarcação ocorreram "sem sucesso", mas embarcação já foi encontrada.

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

A embarcação portuguesa que estava desaparecida desde as 23h50 de quarta-feira (hora de Lisboa) já foi localizada e os tripulantes estão bem de saúde, avança a RTP3 e confirmou mais tarde Fernando Pereira da Fonseca, porta-voz da Marinha.

O alerta do desaparecimento foi recebido no Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada, através da boia transmissora do sinal de emergência da embarcação, segundo explicou a Marinha no comunicado, onde referiu que esse alerta “indicou uma posição a cerca de 310 milhas náuticas (574 km) a oeste de Peniche”.

Segundo Fernando Pereira da Fonseca, a embarcação foi localizada a 175 milhas a oeste de Peniche e o único estrago que tinha era uma avaria no mastro de comunicações. O barco já está, entretanto, a regressar ao porto de Peniche. A bordo da embarcação, que foi detetada pela Força Aérea, estão 10 pessoas, nove tripulantes e um biólogo.

Fernando Pereira da Fonseca referiu que foi recebido um alerta pela autoridade marítima, mas as ligações posteriores para entrar em contacto com a embarcação ocorreram “sem sucesso”.

Os Centros de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa e de Ponta Delgada em articulação, tentaram estabelecer contacto telefónico, contacto via rádio e através de outros navios na área com a embarcação, mas sem sucesso até ao momento”, lê-se no comunicado.

Além de terem sido mobilizadas as embarcações que se encontram na área marítima de Peniche, a Marinha mobilizou para o local uma corveta e o navio-patrulha oceânico ‘Viana do Castelo’, sediados nos Açores. Também se mobilizou um meio aéreo da Força Aérea Portuguesa.

Embarcação que lançou alerta registada na Horta mas opera a partir de Peniche

A embarcação de pesca está registada no porto da Horta, nos Açores, com o nome de ‘Parma’, mas opera a partir de Peniche, indicou a Marinha. O porta-voz deste ramo das Forças Armadas, Fernando Pereira da Fonseca, explicou à agência Lusa que, de acordo com a informação disponível até ao momento, estimam-se que estejam a bordo “sete a nove” pescadores, todos da zona de Peniche, no distrito de Leiria, acrescentando que a embarcação de pesca de espadarte tem 28 metros de cumprimento.

Nas buscas para encontrar a embarcação que lançou o alerta às 23h50 de quarta-feira (hora de Lisboa), quando navegava a cerca de 570 quilómetros de Peniche, estiverem envolvidos dois navios e uma aeronave da Força Aérea Portuguesa.

O porta-voz da Marinha explicou, anteriormente, que a autoridade marítima recebeu um alerta e que as ligações posteriores para entrar em contacto com a embarcação em causa ocorreram “sem sucesso”.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: cbranco@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)