Rádio Observador

Marcelo Rebelo de Sousa

Marcelo já tem “mala feita” para visita a “parceiro importante”

Para o Presidente da República, Portugal e China conhecem-se "há 500 anos" e, portanto, já não há surpresas entre os dois países. Na China, Marcelo será recebido pelo homólogo Xi Jinping.

Marcelo visita a China entre os dias 26 de abril e 1 de maio

NUNO VEIGA/LUSA

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, revelou esta quarta-feira que já tem feita a mala para, na quinta-feira, partir para a visita de Estado à China, que “não é aliada”, mas sim “parceira importante” de Portugal.

“Está feita, por acaso está feita, porque eu parto logo a seguir ao discurso do 25 de abril”, na quinta-feira, “e tenho uma hora para apanhar o avião”, disse Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas, na visita que está hoje a realizar à 36.ª Ovibeja.

Questionado pela agência Lusa sobre quais as expetativas que tem para esta visita de Estado à China, que vai durar seis dias, entre sexta-feira, 26 de abril, e 1 de maio, o Presidente da República disse que já não há surpresas entre portugueses e chineses. “As expectativas” são as “próprias de uma visita como foi a dos meus antecessores e como foi a visita do Presidente Xi” Jinping, da China, a Portugal, há perto de cinco meses, disse.

Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, portugueses e chineses conhecem-se “há 500 anos”. “Nós já não nos surpreendemos com os chineses, nem eles se surpreendem connosco. Nós sabemos bem a diferença que há entre aliados e parceiros”, frisou.

O chefe de Estado vincou que “aliados são os europeus, os Estados Unidos da América” e os países “irmãos de língua portuguesa”. Na categoria de “parceiros”, Marcelo Rebelo de Sousa enquadrou a situação atual: “E a China sabe que é nossa parceira importante, não é aliada. E nós sabemos que somos parceiros da China, não somos aliados”, vincou.

A visita do Presidente da República à China, durante a qual será recebido pelo chefe de Estado chinês, Xi Jinping, começa simbolicamente na Grande Muralha e termina em Macau.

Marcelo Rebelo de Sousa chegou esta quarta-feira ao recinto da 36.ª Ovibeja por volta das 12:45, sendo recebido pela organização do certame, a ACOS – Agricultores do Sul, e pelo ministro da Agricultura, Capoulas Santos, assim como por diversos autarcas e responsáveis locais e regionais.

A feira agropecuária, cujo tema central deste ano são os efeitos das alterações climáticas na agricultura, arrancou hoje e prolonga-se até domingo, no Parque de Feiras e Exposições de Beja – Manuel Castro e Brito.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)