Os automóveis eléctricos, especialmente os mais antigos e com menor autonomia, são uma forma moderna de ‘torturar’ os condutores. Assim que a autonomia começa a ser inferior a 100 km – o que não é difícil acontecer nos veículos que pouco ultrapassam os 200 km entre recargas –, além de encontrar um posto de carga, o condutor tem de ter a sorte que esteja livre e a funcionar. O que nem sempre é fácil.

Para dar uma ajuda e apaziguar o desespero de quem conduz um veículo alimentado por (pequenas) baterias, a Google resolveu facilitar a vida dos utilizadores de veículos eléctricos. Através do Google Maps, não só passa a indicar onde ficam os postos de carregamento mais próximos, como o tipo e, mais importante ainda, se estão operacionais e livres, pois não há nada mais frustrante do que, depois de muito esforço, chegar a um posto de carga e ver que este está ocupado e assim vai continuar nas próximas horas.

Para já, esta ‘mão’ amiga dos que utilizam eléctricos a bateria está operacional apenas nos EUA e no Reino Unido. A possibilidade de esta solução se alargar a outros países, como o nosso, deverá ser anunciada em breve, com a esperança de que aconteça de forma mais célere do que a adopção do Android Auto, igualmente da Google.