A carcaça de uma baleia deu à costa, esta quinta-feira, na praia da Fonte do Cortiço, em Santo André, concelho de Santiago do Cacém (Setúbal), o segundo caso no espaço de uma semana no litoral alentejano, segundo as autoridades.

O comandante da Polícia Marítima de Sines, Manuel Sá Coutinho, adiantou à agência Lusa que a baleia encontrada morta, durante a manhã, no areal, tem cerca de 19 metros de comprimento.

O cetáceo foi avistado por um popular que alertou as autoridades, referiu.

Manuel Sá Coutinho disse que a remoção do animal, encontrado numa zona da Reserva Natural das Lagoas de Santo André e da Sancha, está a ser organizada pela Polícia Marítima, município de Santiago do Cacém e Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF).

Trata-se da segunda baleia encontrada morta na costa alentejana no espaço de uma semana, depois de um cetáceo, com cerca de oito metros de comprimento, ter aparecido em 18 de abril junto à rebentação na praia do Burrinho, a norte da aldeia de Porto Covo, concelho de Sines (Setúbal).