Dezasseis imigrantes clandestinos, vindos de países subsaarianos, morreram este sábado quando caíram do veículo que os transportava para um canal de rega, entre as cidades costeiras de Saidia e Nador, no nordeste de Marrocos.

As autoridades locais informaram hoje, num comunicado divulgado pela agência marroquina MAP, que no acidente, ocorrido hoje de manhã em Laatamna, província de Berkane, houve também 17 feridos com vários níveis de gravidade.

O motorista fugiu do local.

As autoridades locais, a polícia e a Proteção Civil transportaram os feridos para o hospital mais próximo, em Berkane.

As autoridades abriram uma investigação para descobrir as circunstâncias do incidente e para deter o motorista do veículo, acrescentou a nota.

Em 2018, as autoridades marroquinas abortaram 89.000 tentativas de migração ilegal, quase todas por via marítima, um recorde absoluto desde que há registo destas operações.