Só a vitória servia ao Leeds United F.C. se a equipa de Marcelo Bielsa ainda queria ter hipótese de roubar o segundo lugar do Championship ao Sheffield United F.C. (e a promoção automática para a Premier League). Portanto, quando Jonathan Kodjia se lesionou, aos 72 minutos e com o marcador a zeros, os jogadores do Leeds não pararam para responder aos pedidos de assistência médica da equipa do Aston Villa F.C..

Não só o Leeds não parou de jogar como Tyler Roberts serviu Mateusz Klich para estrear o marcador e dar a vantagem ao Leeds. Momentos depois do golo, jogadores e treinadores fariam parar o jogo durante cinco minutos, entre empurrões, insultos e um cartão vermelho para Anwar Ghazi (Aston Villa) por uma suposta cotovelada.

O resultado deixava o Leeds continuar a sonhar com a promoção direta, mas não ia durar. O treinador do Aston Villa, Dean Smith, pediu justiça a Bielsa, e a equipa do Leeds recebeu ordens para repor o fair-play: deviam parar todos e permitir o golo assim que o jogo fosse retomado.

Eu sugeri que ele nos desse o golo, e ele [Macelo Bielsa] concordou. Mas não tenho a certeza de que todos os jogadores dele tenham achado o mesmo“, revelou Smith depois do jogo. A acusação era apontada ao defesa central do Leeds Pontus Jansson, o único que desafiou o treinador e tentou impedir o golo sem oposição de Albert Adomah, para dar o empate ao Aston Villa.

Para Bielsa, citado pelo The Guardian, o gesto foi uma forma de defender a reputação “nobre” do futebol britânico. Smith garante que foi só “a vitória do senso comum”. Pelo menos Klich arrependeu-se do golo que deu início à confusão: O treinador do Aston Villa notou que o marcador do Leeds lhe tinha ido pedir desculpa depois do apito final.

O resultado impede o Leeds de aceder à promoção direta, e deixa a equipa dependente de conquistar um lugar na Premier League através dos playoffs. O clube mantém-se em terceiro lugar, com 83 pontos, menos cinco do que o Sheffield United. Já ao Aston Villa, o empate pode valer o acesso precisamente aos playoffs (os 76 pontos mantêm a equipa no quinto lugar, a uma jornada do final do campeonato), onde é possível um novo confronto entre as equipas.

O West Bromwich já garantiu que vai competir pela promoção para a Premier League, terminando pelo menos em quarto lugar — tem 83 pontos. O Derby County e o Middlesbrough, os dois com 70 pontos, competem pelo sexto lugar da classificação, e a quarta vaga nos playoffs.