O motor V10 da Audi, o mesmo que é utilizado por ‘bombas’ como o R8 e Lamborghini Huracán, celebra este ano 10 primaveras, o que merece ser comemorado de forma explosiva. E para desintegrar um desportivo como o R8 e o seu motor de 10 cilindros, nada melhor do que recorrer a Fabian Oefner.

Oefner é um  especialista em mostrar a beleza dos objectos, desmontando-os de forma tão atraente quanto colorida. Com a ajuda dos técnicos da marca, o artista suíço reduziu o R8 ao elementar. Cada parafuso, tubo e peça, seja esta em ferro, aço, alumínio, plástico ou fibra de carbono, foram religiosamente retirados e fotografados, para depois tudo ser montado criando a ilusão que o R8 explodiu.

Não foi este o primeiro trabalho de Fabian Oefner para as marcas mais desportivas do Grupo Volkswagen, uma vez que já anteriormente o suíço tinha feito explodir um Lamborghini Miura. Um e outro trabalho são espectaculares e, só por isso, vale a pena ver as fotos e os vídeos. E se o trabalho do artístico impressiona, surpreende ainda mais a quantidade de componentes, de todos os tamanhos e feitios, que são necessários para dar corpo a um desportivo deste calibre.