O treinador de futebol do Wolverhampton Wanderers, o português Nuno Espírito Santo, vai receber no sábado um doutoramento honoris causa da universidade daquela cidade, em reconhecimento pelo sucesso do clube, foi esta sexta-feira anunciado.

O diploma honorífico será entregue no sábado, antes daquele que será o último jogo da temporada em casa dos Wolves, o Estádio Molineux, frente ao Fulham, pelas 15h00.

A universidade de Wolverhampton explicou em comunicado que o técnico português será agraciado com o título de Doutor Honoris Causa em Desporto devido aos resultados desportivos das duas últimas temporadas. Nuno Espírito Santo foi nomeado treinador do Wolverhampton Wanderers em 31 de maio de 2017 e conduziu o clube à primeira liga inglesa na sua primeira época completa.

Este ano, venceu o Liverpool e Manchester United para conseguir a qualificação para as meias-finais da Taça de Inglaterra, disputadas no estádio nacional de Wembley, perdendo para o Watford o jogo do acesso à final. Atualmente encontra-se no sétimo lugar do campeonato.

“Em dois anos, Nuno transformou os Wolves. A sua primeira temporada no Molineux foi um sucesso, ao conduzir o clube à promoção e ao título do Championship [segunda divisão], e agora um início bem-sucedido na Premier League e uma semifinal da Taça de Inglaterra em Wembley”, elogiou o vice-reitor, Geoff Layer. Este desempenho torna merecido o reconhecimento a “um líder que trouxe orgulho e reconhecimento à cidade em escala internacional” e que é um exemplo para os estudantes, acrescentou.

No mesmo comunicado, o técnico português disse ser “uma grande honra e privilégio” receber o título honorífico. “Desde o momento em que cheguei a Wolverhampton, há quase dois anos, senti-me verdadeiramente bem recebido pelo povo desta cidade – e estou satisfeito por ter conseguido dar-lhes algo em troca”, confiou.

O português já tinha treinado o Valência e o FC Porto, no qual foi jogador e através do qual conquistou, enquanto guarda-redes, troféus como a Taça UEFA de 2002/03 e a Liga dos Campeões de 2003/04.

Além da equipa técnica, os Wolves contam com vários jogadores portugueses, como Rúben Neves, Diogo Jota, João Moutinho, Ivan Cavaleiro, Rui Patrício, Rúben Vinagre e Hélder Costa.