Sri Lanka

Católicos do Sri Lanka celebram missa em casa pelo segundo domingo consecutivo

O arcebispo de Colombo, o cardeal Malcom Ranjith, fez uma homilia diante do clero e dos líderes nacionais na sua residência, cerimónia que foi transmitida na televisão.

STR/EPA

Autor
  • Agência Lusa
Mais sobre

Os católicos do Sri Lanka estão a celebrar a missa dominical em casa pelo segundo domingo consecutivo, enquanto as igrejas permanecem fechadas depois de relatos de possíveis novos ataques de extremistas islâmicos.

O arcebispo de Colombo, o cardeal Malcom Ranjith, fez uma homilia diante do clero e dos líderes nacionais na sua residência, cerimónia que foi transmitida na televisão. Durante a Missa, Malcom Ranjith leu uma carta do papa Francisco, que apontava que ter rezado para que os “corações endurecidos pelo ódio possam render-se à vontade de paz e reconciliação entre todos os seus filhos”.

Pelo menos 257 pessoas foram mortas a 21 de abril numa série de ataques a igrejas e hotéis no Sri Lanka. A polícia cingalesa informou já deteve mais de 150 suspeitos desde os atentados do dia de Páscoa no país.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)