A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta segunda-feira a detenção de três homens e duas mulheres pela prática de nove crimes de roubo com recurso a arma de fogo, dois dos quais na forma tentada, ocorridos em Viseu, Nelas e Mangualde.

Os suspeitos, com idades entre os 18 e os 21 anos, recorriam a perfis falsos no Facebook para promover encontros amorosos e anunciar a venda de viaturas usadas a preços convidativos. Tinham como objetivo atrair potenciais vítimas. Nos locais estabelecidos como ponto de encontro, o grupo montava “emboscadas” e agredia violentamente as vítimas, “apropriando-se depois de valores em numerário”, explica a PJ através de um comunicado.

Quatro suspeitos foram detidos no cumprimento de mandatos de busca e um foi apanhado pelas autoridades em flagrante delito.

A operação, denominada “Fakebook”, permitiu ainda apreender três espingardas, uma pistola e várias munições. As armas terão sido utilizadas pelo grupo na prática dos roubos.

A investigação foi levada a cabo pela PJ em colaboração com a GNR e PSP e durou quatro meses.

Os suspeitos, todos desempregados, serão agora presentes às autoridades judiciárias para “primeiro interrogatório e aplicação das medidas de coação tidas por adequadas”.