O ministro da Educação português subscreve esta segunda-feira, na cidade da Praia, a declaração de intenções entre Portugal e Cabo Verde relativa à implementação da Rede de Bibliotecas Escolares e do Plano Nacional de Leitura.

A deslocação de Tiago Brandão Rodrigues insere-se no primeiro encontro anual das Escolas Portuguesas no Estrangeiro (EPE), que decorre na capital de Cabo Verde, no âmbito das comemorações do 5 de maio, Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que se assinalou no domingo.

O ministro da Educação português vai, aliás, participar na terça-feira na sessão de encerramento deste encontro, na Escola Portuguesa de Cabo Verde, na capital do arquipélago, que vai permitir que as EPE “assumam plenamente a sua condição e força de rede global de ensino do Português”.

Hoje, além de participar na cerimónia de assinatura da declaração de intenções conjunta relativa à implementação da Rede de Bibliotecas Escolares e do Plano Nacional de Leitura de Cabo Verde, no Palácio do Governo, Tiago Brandão Rodrigues vai ter um encontro com os diretores das EPE e será recebido pelo primeiro-ministro de Cabo Verde.

Na terça-feira, o governante vai ainda participar na inauguração da Biblioteca Escolar de Praia Baixo, ilha de Santiago, e visitar a Escola Portuguesa em Cabo Verde, com a homóloga da Educação cabo-verdiana e todos os diretores das EPE que participam neste primeiro encontro.