A Polícia Marítima apreendeu esta segunda-feira mais de três toneladas de amêijoa japónica durante uma operação de fiscalização dirigida à apanha ilegal da amêijoa no rio Tejo, tendo sido identificadas várias pessoas.

“Foram apreendidas mais de três toneladas de amêijoa japónica, duas viaturas utilizadas para o seu transporte, uma embarcação, seis ganchorras de mão, três balanças, 13 volumes de tabaco de contrabando, uma elevada quantia de dinheiro, tendo sido também desmantelados três armazéns e identificados vários indivíduos ligados ao tráfico ilegal de amêijoa japónica”, refere a Autoridade Marítima Nacional (AMN) em comunicado.

Segundo o documento, a ação decorreu durante todo o dia e envolveu elementos dos comandos regionais do Norte, Centro, Sul e do Comando-Geral da Polícia Marítima de Lisboa, bem como agentes do Grupo de Ações Táticas, do Grupo de Mergulho Forense e da Unidade de Investigação Criminal da Polícia Marítima.

Os elementos foram ainda apoiados por várias embarcações, veículos e viaturas todo-o-terreno da AMN.

“Todo o material foi apreendido e encontra-se à guarda do processo”, conclui o comunicado.