Rádio Observador

França

Toulouse. As 4 reféns do adolescente armado já foram libertadas e o sequestrador detido

117

Tudo aconteceu num bar em Blagnac, perto de Toulouse. Quatro mulheres estiveram retidas durante quatro horas por um rapaz de 17 anos com ligações aos Coletes Amarelos. Foi detido ao final da noite.

Tudo se passou em cerca de seis horas

O adolescente armado de 17 anos que fez quatro reféns no interior de um bar-tabacaria na cidade de Blagnac, nos arredores de Toulouse, esta terça-feira já foi detido. As mulheres foram libertadas no decurso da operação, depois de quatro horas retidas no interior do estabelecimento. Não há registo de feridos ou incidentes. O rapaz já era conhecido das autoridades por envolvimento nos protestos dos coletes amarelos, em França. Afirmava ser “o braço armado” do movimento.

A polícia local informou que a operação já terminou e que o jovem foi detido às 23h45 locais (menos uma hora em Portugal). Não houve incidentes e as autoridades já terão posto termo ao perímetro de segurança imposto durante a tarde.

Através do Twitter, o ministro do Interior francês também anunciou que a polícia deteve o jovem e agradeceu o sangue frio das autoridades envolvidas.

Fonte policial disse ao Le Figaro que foi encontrada na casa do suspeito uma carta com a mensagem “Tenho muita pena de ter feito isto”.

O suspeito foi interrogado em dezembro de 2018 por ligações ao movimento dos coletes amarelos.

Segundo a Sky News, o rapaz exigiu falar com um negociador e o Independet avança que o caso poderá tratar-se de um assalto que correu mal.

Durante esta terça-feira, o anúncio da libertação das mulheres foi feito pela polícia local no Twitter.

O rapaz terá disparado sobre as autoridades mas não feridos, avança a agência de notícias Associated Press. As vítimas tratam-se da dona do espaço e de três empregadas e estão “sã e salvas”, informaram as autoridades locais. O bar-tabacaria é gerido há mais de quarenta anos por mãe e filha, que moram ao lado do estabelecimento.

A estação de televisão local France 3 avançou que foram disparados para o ar três tiros e adiantou que o rapaz utilizava um capacete que inclui uma câmara e exigiu falar com um negociador que representasse a polícia francesa. O bairro em que o rapto aconteceu foi cortado ao trânsito e foi montado um perímetro de segurança, com evacuação da zona e avisos da polícia para que os moradores permaneçam no interior das habitações.

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Global Shapers

Imigrantes, sejam bem-vindos 

Hugo Menino Aguiar

Olhar apenas para migrações como estratégia para compensar o envelhecimento da população não é razoável mas é uma parte importante da solução e representa oportunidades óbvias que devemos explorar.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)