Pelo menos quatro pessoas morreram hoje e várias ficaram feridas após a explosão de uma bomba perto de um famoso santuário sufi em Lahore, no Paquistão, informou a polícia.

De acordo com chefe da polícia da cidade, Ghazanfar Ali, o ataque teria como alvo as forças de segurança que protegem o santuário, conhecido como “Data Barbar”, o maior santuário sufi — uma crença e prática islâmica mística — no sul da Ásia.

Centenas de peregrinos encontravam-se dentro e fora do santuário no momento da explosão. Os paquistaneses visitam em grande número o santuário, onde ataques suicidas em 2010 mataram e feriram dezenas de pessoas.

Imagens transmitidas na televisão local mostram um veículo da polícia muito danificado.

Lahore é a capital da província oriental de Punjab.