O tenista português João Sousa, com o argentino Guido Pella, apurou-se esta quinta-feira para as meias-finais de pares do Masters 1.000 de Madrid, ao vencer o polaco Lukasz Kubot e o brasileiro Marcelo Melo, segundos cabeças de série.

A dupla luso-argentina precisou de apenas 59 minutos para bater Kubot e Melo, por duplo 6-2, vingando a derrota nos oitavos de final do Masters 1.000 de Miami.

Nas meias-finais, Sousa e Pella vão defrontar o vencedor do encontro desta quinta-feira entre a dupla composta pelo austríaco Oliver Marach e o croata Mate Pavic e o par constituído pelo argentino Diego Schwartzmann e o austríaco Dominic Thiem.

Esta é a segunda vez que o tenista vimaranense está nas meias-finais de um quadro de pares de um torneio Masters 1.000, depois de ter perdido a final em Roma, em 2018, ao lado do espanhol Pablo Carreno Busta.