Pelo menos 50 pessoas morreram e 16 foram salvas depois de o barco onde viajavam ter naufragado ao largo da costa da Tunísia, noticia a Reuters.

A agência de notícias estatal da Tunísia refere pelo menos 70 pessoas mas as Nações Unidas só confirmaram a morte de 50 migrantes, diz a  Euronews.

O barco tinha saído da cidade de Zuwara, na Líbia, na quinta-feira, em direção à Itália, e naufragou a cerca de 40 milhas da costa de Sfax, a sul da capital da Tunísia. Um barco de pesca conseguiu salvar 16 pessoas.

Segundo a Reuters, trata-se do naufrágio de migrantes que procuram entrar ilegalmente na Europa mais mortífero deste ano.

O ministério da Defesa da Tunísia diz que até agora a marinha só conseguiu recuperar três corpos,

(em atualização)