Ainda se lembra do recorde que o Stelvio Quadrifoglio estabeleceu em Nürburgring? Foi em 2017 e, talvez para avivar a memória dos mais esquecidos, a Alfa Romeo decidiu lembrar o quão impressionantes podem ser as performances do seu primeiro SUV. Como? Fazendo um périplo pelo Reino Unido, com visita guiada (literalmente) a três dos mais emblemáticos circuitos daquele país: Silverstone, Donington Park e Brands Hatch.

Coube ao piloto profissional David Brise extrair do Stelvio Quadrifoglio tudo aquilo que o SUV pode dar. E deu (mais) três recordes! No circuito de Brands Hatch, o Stelvio conseguiu fazer uma volta em escassos 55,9 segundos, para registar 1.21,1 em Donington Park, com o melhor tempo em Silverstone a ser de 2.31,6. No final deste desafio, Brise confessou-se impressionado com o “surpreendente desempenho” do SUV italiano.

De notar que estes três recordes foram conquistados sem quaisquer alterações no Alfa, que detém o título de “SUV de produção em série mais rápido do mundo”, depois de ter estabelecido o tempo de 7 minutos e 51,7 segundos no lendário circuito de Nürburgring. Brise teve apenas que seleccionar o modo “Race” e pôr a andar os 510 cv (600 Nm de binário) que o Stelvio extrai do motor a gasolina 2.9 V6 biturbo. De origem Ferrari, este bloco permite-lhe ir de 0 a 100 km/h em apenas 3,8 segundos, para depois atingir 283 km/h de velocidade máxima.