Incêndios

Investigadores e operacionais realizaram ensaios com fogo na Serra da Lousã

Xavier Viegas, professor da Universidade de Coimbra, disse que estes ensaios contribuem para aperfeiçoar os equipamentos que é possível utilizar para a "segurança e salvaguarda da vida das pessoas".

Dos testes efetuados, implicando a realização de queimadas controladas, um deles destinou-se a avaliar "o impacto do fogo em diferentes estruturas e veículos"

PAULO NOVAIS/LUSA

Autor
  • Agência Lusa

Diferentes ensaios de campo para estudar o comportamento do fogo mobilizaram esta quarta-feira dezenas de investigadores e operacionais, na Serra da Lousã, no concelho da Castanheira de Pera, sob a coordenação do cientista Xavier Viegas.

O presidente da Associação para o Desenvolvimento e Aerodinâmica Industrial (ADAI), Domingos Xavier Viegas, disse aos jornalistas que os trabalhos, na zona da pista de aviação do Coentral, visaram “diferentes objetivos” no âmbito de “alguns dos projetos de investigação” em que a sua equipa está envolvida.

Dos testes efetuados, implicando a realização de queimadas controladas, um deles destinou-se a avaliar “o impacto do fogo em diferentes estruturas e veículos”, como a cabine de uma viatura de combate a incêndios, que ficou intacta à passagem das chamas, após ter sido protegida por uma tela refletora.

Além de refletir o calor, a tela permitiu que a temperatura não aumentasse dentro do habitáculo, impedindo também a sua destruição.

Xavier Viegas, professor da Universidade de Coimbra, salientou que estas experiências no terreno contribuem para aperfeiçoar os equipamentos que é possível utilizar para a “segurança e salvaguarda da vida das pessoas”, incluindo bombeiros e outros operacionais.

A ADAI e os parceiros fazem habitualmente estas queimadas experimentais na primavera, “o mais próximo possível das condições do verão”, mas beneficiando ainda das temperaturas baixas e dos níveis de humidade médios desta época do ano, explicou.

Os cerca de 50 investigadores envolvidos nos trabalhos, incluindo dois britânicos ligados a uma empresa e duas representantes da Universidade de Aveiro, estudam igualmente “soluções inteligentes de extinção” dos incêndios e promovem a observação, deteção e mapeamento com auxílio de drones, alguns dos quais sobrevoaram hoje aquela zona da Serra da Lousã durante as queimadas.

A avaliação da meteorologia e do “comportamento de tempestades de fogo” foi outro objetivo das equipas, que contaram com o apoio de uma avioneta do Aeroclube de Torres Vedras.

Participaram nos ensaios elementos dos corpos de bombeiros voluntários de Coimbra, Góis e Castanheira de Pera, bem como uma brigada de sapadores florestais deste concelho do distrito de Leiria.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Finanças Públicas

Como evitar um 4º resgate? /premium

Paulo Trigo Pereira

Portugal necessita de mais doze anos (três legislaturas completas) de crescimento económico e de finanças públicas quase equilibradas para sair da zona de risco financeiro em que ainda se encontra.

Brexit

Boris Johnson /premium

João Marques de Almeida

Em Londres, só um louco ou um suicida é que defenderiam o acordo assinado com a União Europeia. Resta saber se os líderes europeus terão a lucidez de reconhecer o evidente: o acordo que existe morreu.

Ambiente

A onda verde na UE e os nacionalismos

Inês Pina

Se hoje reduzíssemos as emissões de CO2 a zero já não impedíamos a subida de dois graus centígrados. E estes “míseros” dois graus vão conduzir ao fim das calotas polares e à subida do nível do mar.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)