Transportes

Kapten entra em Londres e quer chegar a 15 cidades europeias até 2020

A plataforma eletrónica de transporte privado de passageiros (ex-Chaffeur Privé) pretende alcançar cerca de 1,5 milhões de utilizadores em dois anos em Londres. E quer conquistar 20% do mercado.

Fundada em 2012, em Paris, a Kapten, ainda com o nome de Chaffeur Privé, foi a primeira plataforma digital de transporte individual de passageiros a obter licenciamento de TVDE em Portugal

AFP/Getty Images

Depois de Lisboa e Genebra, a Kapten (antiga Chauffeur Privé) anunciou esta quinta-feira a sua entrada em Londres, onde pretende alcançar cerca de 1,5 milhões de utilizadores em dois anos. Para isso, e numa fase de arranque, a plataforma eletrónica de transporte privado de passageiros vai contar com entre 5.000 a 10.000 motoristas no Reino Unido. Até 2020, a empresa tem como objetivo chegar a 15 cidades europeias e “conquistar 20% do mercado”.

Londres é talvez o mais importante passo da nossa expansão internacional. É um desafio ambicioso que irá contribuir, de forma significativa, para cumprir os nossos objetivos delineados para 2020. Pretendemos replicar em Londres o já modelo de negócio da Kapten e estamos confiantes de que será um sucesso”, referiu Yan Hascoet, cofundador e presidente da Kapten, citado em comunicado.

Já Sérgio Pereira, diretor geral da empresa em Portugal, sublinhou que este crescimento para Londres “revela a maturidade que a Kapten está a alcançar”, acrescentando que a missão, num futuro próximo, é que se torne possível “chamar um Kapten em qualquer capital europeia”. Para assinalar o lançamento nesta cidade, que foi apoiado pelos acionistas Daimler AG e BMW, a empresa vai também oferecer descontos de lançamento de 50% em todas as viagens durante tempo limitado.

Na nota enviada, a empresa francesa acrescenta ainda que Londres tem vindo a assistir a um crescimento mais lento desde o lançamento da sua principal concorrente (a Uber), mas que “prepara-se para mudar esta realidade”. Com0? “Mantendo uma comunicação transparente com os seus motoristas parceiros, utilizadores e autoridades locais”, assegurou a Kapten.

Fundada em 2012, em Paris, a Kapten foi a primeira plataforma digital de transporte individual de passageiros a obter licenciamento de TVDE em Portugal, tendo entrado no mercado em setembro de 2018. Já opera em Lisboa, Vila Franca de Xira, Mafra, Ericeira, Alcochete, Montijo, Sesimbra e Setúbal e tem registados cerca de 3.000 motoristas ativos, “com uma pontuação entre 4.8 e 5 estrelas”, acrescenta a empresa.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: cpeixoto@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)